Olha eu...

Frescos e fofos

De raspão

Dahhh!!!

Pois é....

Regressos

Escuteirices

Teresa

E se eu voltasse a ser me...

As princesas certinhas e ...

Dahhhh...

Para quem pode

Memórias

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

Lilypie 6th to 18th Ticker
Lilypie 6th to 18th Ticker
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Parabéns a você

Glitter Para Orkut

 

 

Sabem quem faz anos hoje? Sabem, sabem, sabem?

 

A MINHA  MÃE!!!

 

E sabem quantos?

 

60!!!

 

Andava eu aqui há uns tempos tristita por não poder estar com ela no aniversário... afinal pude!

Claro que o motivo não é dos melhores, mas temos que olhar pela positiva.

O importante é que estive com ela, comprei um bolo e fiz uma mini festa. Até o meu irmão cá está. Só faltaram as minhas sobrinhas e a mãe delas... mas não podemos ter tudo.

 

Um grande beijo para ti mãe! És única!

 

 

                                                                              (Este post é para ti apesar de saber que não o irás ler...)




Tou...: Feliz aniversário!


Domingo, 27 de Janeiro de 2008

Alta

É verdade!

O meu pai já está cá em casa. O médico deu-lhe alta ontem, daí a minha falta de tempo para passar por aqui.

A recuperação continua, apesar de haver algumas dores próprias de um pós operatório.

O meu irmão chegou hoje. Vai ficar uma semana por cá. Tem uma semana de formação aqui no Norte e pediu-me guarida. E é obvio que eu lha dei.

Os Piolhos estão bons. Com tanta coisa nem vos tenho falado deles. Mas estão bons, apesar de na semana passada o Piolheco ter tido (mais) uma otite. Cá para mim este ano vou ter mesmo direito a uma segunda cirurgia. Aos ouvidos e aos adenoides do "mais piqueno"... mas cá estaremos para ver.

Por agora falta o resultado da biópsia... 

Tou...: À espera
tags: ,


Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Continua a correr bem

Pois é!

O pós operatório está a correr muito bem. Hoje o meu pai já bebeu chá e à noite já teve direito a sopinha passada. Tendo em conta que há 3 ou 4 dias que não comia, acho que lhe soube a leitão assado.

Ah... pois... vocês não sabem!  Anteontem quando a minha mãe lhe perguntou se tinha fome (porque só estava com soro) ele respondeu:

- Não, fome não tenho... mas acho que me apetecia leitão.

Coisinha leve portanto!

Os piolhos foram lá visitá-lo na 3ª feira e acharam o máximo. Só os miúdos para acharem clínicas giras! Desde 3ª feira que tenho 2 pestinhas a perguntar porque é que eu vou ver o avô e eles não.

Estou a trabalhar a meio gás. Trabalho de manhã. Folgo à tarde. Para poder ir ter com eles, fazer um bocadinho de companhia. O meu Grande Chefe, com aquele coração enorme que tem, disse-me logo que não me preocupasse com o trabalho, que estivesse com os meus pais. É ou não verdade quando digo que é uma jóia?

O meu irmão tem telefonado, mas ainda não veio ao Porto.

Aqui para nós, eu não sei como é que ele consegue! Eu sei que ele trabalha por conta própria, que não tem muito tempo livre, mas... se eu estivesse no lugar dele eu não conseguia. Eu tinha que estar na sala de espera durante a cirurgia, eu tinha que estar lá quando saisse do recobro, eu tinha que lhe segurar a mão e dar-lhe um beijinho na testa quando ele voltasse para o quarto. Ele vem cá no Domingo.

Isto não é corte. Nem estou a dizer que ele não gosta do pai, nem que não ficou preocupado. Eu só não sei é como é que ele aguentou passar por isto lá tão longe.

Tou...: A voltar à normalidade
tags: ,


Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Correu bem!

Não encontrei outro título.

Apetece-me dizer a toda a gente que correu bem a cirurgia, que não houve surpresas, que a lesão estava onde esperávamos que estivesse (um excelente trabalho da médica que fez a colonoscopia), que não havia lesões nos orgãos adjacentes e que a lesão nem sequer atingia a serosa. Estava confinada ao interior do colon.

Claro que todo o material que se tirou dali foi para análise. O resultado da biópsia determinará a necessidade de quimioterapia ou não.

Mas esse é o próximo passo.

Hoje quero agradecer a todos os que me deixaram mensagens de força, de esperança, de confiança. Mesmo não vos conhecendo pessoalmente quero que saibam que as vossas palavras estiveram sempre presentes no meu coração.

Mas principalmente, quero deixar a certeza de que vale a pena acreditar, vale a pena ter esperança. Sei que sozinha não teria tido forças. Entreguei tudo ao Pai. E mais uma vez ele me pegou ao colo e foram os pés dele que fizeram a travessia.

Tou...: Muito grata por tudo
tags: ,


Domingo, 20 de Janeiro de 2008

Novidades

Os meus pais já cá estão. Daí a falta de tempo para passar por cá.

O resultado do TAC foi muito animador. Pelo menos para mim foi. Demonstrou não haver (aparentemente) comprometimento hepático, espelénico ou renal. Os gânglios observados parecem normais. A lesão não é muito grande. Deu para estar mais aliviadita.

Ontem  tivemos a consulta com o cirurgião. Uma pessoa 5 . Gostei bastante. Falou connosco, explicou o que se iria passar, o que vai fazer e disse-nos que à partida (esta incerteza...) é curável.

A cirurgia vai ser amanhã. Pra despachar.

Eu depois vou dando notícias.

 

Mas tudo continua, e no meio deste turbilhão todo a minha família aumentou. Tenho mais um primo.

E o nascimento de uma criança é sempre algo de maravilhoso, renova a esperança... É o milagre da vida!

 

Sei que merecias um post só teu... mas por enquanto fica só o teu nome em estrelinhas brilhantes...

 

Glitter Text Graphics - http://www.sparklee.com

 

 

 



Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

Automaticamente

Sinto-me a viver no éter. Há momentos em que tudo parece irreal... outros há de uma nitidez assustadora...

 

Vivo como um autómato. Trabalho porque tenho que trabalhar, ando de um lado para o outro porque tenho que andar, faço tudo como esperam que faça.

 

Mas a minha cabeça não está aqui. O meu mundo está em suspenso. Está parado no tempo. Mudou o eixo sobre o qual rodava o meu mundo, deixou de ser a normalidade, a rotina, o adquirido. O mundo lá fora gira, e continua e arrastar-me. Mundos suspensos como o meu há uma infinidade...

 

Isto não faz sentido. Nem as palavras estão a fazer sentido.

Um cantinho que foi criado para ser um local leve, bem disposto, onde eu falaria dos meus Piohos está a tornar-se nisto... está tão cinzento... mas eu agora não consigo mais. Desculpem-me os desabafos. Aqui não preciso de me mostar normal, aqui posso ser eu...

 

Tou...: Eu não sei o que sinto
tags:


Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Feelings

Não sei se já vos aconteceu alguma vez... eu ontem estava bem disposta, cantarolei, ri e houve uma altura do dia em que pensei cá para os meus botões: "Eu hoje estou a rir tanto... mal será.." Não sei... foi assim um aperto no peito, foi ficar com o coração pequenino... pensei logo nos piolhos... mas não era neles que devia ter pensado. Devia ter pensado no meu pai.

 

Soube à noite pela minha mãe. Telefonou-me com a voz muito apertada, muito baixinha. Tinham-nos escondido, a mim e au meu irmão, até ontem que o meu pai estava doente.

 

O meu pai tem um tumor. Nos intestinos.

 

Foi um balde de água fria. Só eu e Deus sabemos o esforço que foi aguentar o telefonema todo sem me ir abaixo. Eu sei que nenhum dos dois tem estofo para aguentar  isto sozinho. Nem necessidade! Têm dois filhos! Que querem que contem com eles. Mas só ontem , quando foram finalmente confrontados com um diagnóstico, quando se sentiram perdidos sem saber o que fazer, nos disseram.

 

A minha reacção foi organizar tudo. Faz-se estes e aqueles exames, fala-se com este e aquele médico. Se é necessária uma cirurgia marca-se uma cirurgia!

No sábado vai ter  uma consulta com um médico do hospital de S. João, na próxima semana vai ser operado no Porto (pelo menos tudo indica que sim).  Cheguei ao ponto de dizer à minha mãe que ela amanhã tinha que comprar pijamas (de algodão abertos à frente) e o que tinha que colocar no saco que vai levar para a clínica!

 

É assim que funciono. Tenho que ter a sensação que tenho alguma coisa sob controlo. Tenho que me manter ocupada. Nem quero pensar em todos os "ses" que não me saiem da cabeça. Tenho que ser positiva. Tenho que acreditar. Tenho que confiar. Tenho que ser forte. Tenho que ser o pilar, o porto de abrigo para eles.  Tenho que lhes dar força...

 

... e a mim? Quem ma dá?

 

E se...?

 

                                                                                                    Mas nisto eu não quero pensar

Tou...: Muito triste e angustiada
tags:


Domingo, 13 de Janeiro de 2008

E eu mãe?... Já fui assim?

O Natal trouxe uma enxorrada de novos brinquedos aos Piolhos. Acho que deve ter sido assim na maioria das casas.

Nos dias logo a seguir ao Natal todos lhes perguntavam:

-Gostaste da prenda da avó (prima, tia, amiga...)? - e ficavam com cara de caso quando eu lhes respondia que ainda nem tinham brincado com ela. Mas não tinham mesmo! Tinham-lhe mexido, mudado de sítio, olhado e remirado mas brincar mesmo, disfrutar mesmo ainda não tinham tido tempo. Nós é que às vezes nos esquecemos que brincar dá trabalho e leva tempo! Tem que se imaginar o que se pode fazer com os novos brinquedos e passar uma tarde ou uma manhã "de roda" dos novos carrinhos para lhe tomar o "gosto".

 

Uma das prendas que receberam foi um DVD chamado "O Príncipe do Egipto" que fala sobre Moisés e o livro do Êxodo. Moisés foi colocado num cesto no Nilo pela sua mãe e foi encontrado pela mulher do Faraó (esta é a versão do filme e eu agora não vou lá abaixo confirmar na Bíblia). No filme fizeram um bebé mesmo giro! Gordinho, fofinho... e eu lá deixei escapar um "Que fofinho!" Foi o mote que o Piolhito precisava.

 

-Ó mãe eu já fui assim?

- Assim como?

- Fofinho e pequenino.

- Sim claro que foste - claro que foi! Era o bebé mais lindo do mundo! Era o meu...

- E eu não sei como eu era... tu tens fotografias?

-Tenho. Tu sabes que sim. Queres ver?

 

E fui buscar o album de bebé do Piolhito.

Bateu cá uma saudade! Parece que ainda ontem lhe tirei as fotografias que estão rotuladas como "Primeiro" de tudo (primeiro biberon, primeira papa, primeira sopa, primeiro Natal, primeiro Carnaval, primeiro aniversário, primeiras férias) e já passaram quase 7 anos. O  tempo voa... tanto que até assusta!

Um dia destes acordo e já nem meninos tenho! Tenho adolescentes enfiados num mundo só deles ou homens que ainda me trazem noras e netos cá a casa e eu vou ficar a pensar que não encontrei o botão que pára o tempo...

Tou...: Eu quero os meus bebés...


Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Quem não tem cão

Já há algum tempo que noto que o Piolheco fica chateado quando o irmão lhe demonstra que já sabe ler. Porque saber ler abre ao mais velho uma quantidade enorme de portas que para ele ainda estão fechadas. Ele já lê as placas das estradas, os rótulos, os livros...

Nos dvd's os menus já são escolhidos como deve de ser... o que dá muito jeito porque eu já estava cansada de tentar perceber menus em "svenska" e "polka".

E depois há a Internet. Já sabe escrever o nome dos sites (o que está a deixar-me os cabelos em pé), fazer links e decorar endereços electrónicos.

Todo este mundo fica muito longe do mais pequeno, que por não querer ficar atrás resolve o problema de duas formas: desenrascanço ou inventando!

No passado fim de semana, andava eu com ele num shopping, enquanto esperava que o mais velho saisse de mais uma festa  de anos naqueles sitios onde se pula e come pizza com coca-cola, quando ele viu o cartaz do filme "da abelha".

Não sei o nome. É um dos filmes de animação que saiu agora no Natal, com uma abelha, e que eles foram ver com a tia. O filme é dos mesmos estudios do Shrek (que ele adora!) e do Madagáscar (idem, idem) e estão os dois mencionados no tal cartaz.

 

- Mãe, mãe... olha! O filme da abelha!

- Sim...

- Eu fui ver mãe, com a tia!

- Pois foste.

- E também está na Internet. É mãe tá mesmo. E eu sei. Tá em abelha ponto ponto ponto pt shrek.

 

Coloquem nos vossos favoritos

 

abelha . . . pt shrek

Não é do melhor?

  

Tou...: internética


Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

Virtualmente falando

Meez 3D avatar avatars games

 

 

Apresento-vos a Miguitas!

Eu seria assim... virtualmente falando... gira né? A ficar um bocadito enjoada de tanta volta... mas gira...

Olha a casita...hum hum hum... só para limpar deviam ser uns 15 dias ou isso... isto é que ia ser a inveja da vizinhança!

 

Voltei.

O Zé voltou.

A linha voltou.

 

"Tudo como dantes no quartel de Abrantes."

 

Se vos contasse a minha saga dos ultimos dias, até as pedras da calçada choramingavam.

Portanto prefiro a maluqueira instalada.

Como eu digo:

"Tristezas não pagam dívidas nem fazem baixar a Euribor!"

 

 

Tou...: De volta
tags:


Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O signo da mamã

Tic Tac

Sala de visitas

Cuscar e espiolhar

 

Online