Olha eu...

Frescos e fofos

De raspão

Dahhh!!!

Pois é....

Regressos

Escuteirices

Teresa

E se eu voltasse a ser me...

As princesas certinhas e ...

Dahhhh...

Para quem pode

Memórias

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

Domingo, 20 de Julho de 2008

Ela tinha razão

Detestava as ideias da minha mãe mas tenho que admitir que ela tinha razão!

 

Detestava quando, durante o Verão, ela me obrigava a fazer o almoço. Detestava ter que me levantar mais cedo para ter a mesa posta ao meio dia quando o meu pai vinha almoçar. 

Detestava quando tinha que passar tardes inteiras a passar a ferro. Detestava quando tinha que limpar a casa (menos o quarto dela e o do meu irmão) porque a empregada estava de férias. 

Achava que era uma injustiça gastar assim as minhas férias, quando as minhas amigas passavam o tempo de papo para o ar.

 

Mas a minha mãe tinha razão.

 

Tinha razão e ensinou-me que para mandar é preciso saber fazer. E que quando não há ninguem em quem mandar, arregaça-se as mangas e metem-se as mãos à obra.

 

Toda esta conversa para quê?

 

Para vos dizer que não percebo como é que uma mulher chega perto dos 30 sem saber fazer uma canja ou uma salada de jeito!!!

Não percebo como é que pode dizer que vai casar, que tem a cozinha apetrechadissima mas que não faz tenções de a usar, simplesmente porque não sabe como. Que conta ir comer todas as refeições a casa da mãe/sogra, porque lá há sempre comida.

 E na casa dela? Será que nunca vai haver refeições? Será que nunca vai haver o "espaço jantar" onde a familia se reune e que acaba por ser o momento em que estão todos juntos? 

 

Na minha casa há.

E ainda bem que há.

Devo-o à minha mãe e à sua teimosia.

 

 

Tou...: falta aqui 1 sapo à cozinheiro


4 comentários:
De me a 21 de Julho de 2008 às 09:28
Só te digo duas coisas: Deixa-a lá casar e depois deixa lá virem os meninos! :P

Vais ver como é fazer um curso de culinária expresso... ou então o marido!
bjoquinhas


De Anjos a 21 de Julho de 2008 às 09:34
A minha mãe fez-me o mesmo e eu odiava, pois claro! Hoje, tenho a minha família reunida ao almoço e ao jantar, na minha casa, com a comidinha feita com as minha mãos e é tão bom, não é???


De kiko_julho_2005 a 21 de Julho de 2008 às 18:53
Eu gosto muito de fazer comidinha boa e tenho pena que a minha mãe não me tenha ensinado mais... mas como sou curiosa vou aprendendo.
Quanto ao comer em casas alheias... tenho conhecido pessoas assim... e o resultado não foi o melhor.
Beijinhos da mãe do kiko


De Bunny a 22 de Julho de 2008 às 19:19
subscrevo te:)


Comentar post

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Cuscar e espiolhar