Olha eu...

Frescos e fofos

De raspão

Dahhh!!!

Pois é....

Regressos

Escuteirices

Teresa

E se eu voltasse a ser me...

As princesas certinhas e ...

Dahhhh...

Para quem pode

Memórias

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Nada a declarar

Só para dizer que passei por aqui.

Tudo como dantes no quartel de Abrantes.

 

Os dias continuam a ser iguais aos outros dias.

As semanas sucedem-se sem que nada haja a apontar.

 

Será que fui eu quem perdeu o capacidade de me deixar surpreender com as pequenas coisas do quotidiano?

Ou será que isto não passa de uma amálgama disforme de dias atrás de dias?

E vá lá alguem tentar compreender o que vai em certas cabecinhas...

 

Por isso eu digo: passei aqui mas...

 

NADA A DECLARAR

 

Tou...: Não é digno de registo...
tags:


3 comentários:
De guguinha a 21 de Janeiro de 2009 às 15:31
bem já declaras-te alguma coisa. Nem sempre temos novidades ou noticias acontar. E os nossos "piquenos" nem sempre são assunto para falarmos.Beijinho Guguinha


De Júlia a 25 de Janeiro de 2009 às 19:32
Migas, por vezes o não ter nada a declarar, significa que tudo está em paz. Acredito que sim.
Beijocas amiga virtual. Fica bem.


De Júlia a 30 de Janeiro de 2009 às 11:20
Ganhaste prémio. Tens é que ser muito rápido! Há prazo de validade. Passa lá no meu estamine, se fazes o favor.


Comentar post

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Cuscar e espiolhar