Olha eu...

Frescos e fofos

De raspão

Dahhh!!!

Pois é....

Regressos

Escuteirices

Teresa

E se eu voltasse a ser me...

As princesas certinhas e ...

Dahhhh...

Para quem pode

Memórias

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

Lilypie 6th to 18th Ticker
Lilypie 6th to 18th Ticker
Terça-feira, 2 de Outubro de 2007

Prós e Contras

Este é um dos programas favoritos do F. Confesso que não me agrada lá muito. E não é por embirração. É porque é chato, comprido, acaba a horas imcompatíveis com uma cara apresentável no dia seguinte e porque nunca se chega a conclusão nenhuma.

Nunca vi nenhum programa em que no fim não tivesse a sensação de que estava precisamente como no inicio. Uns bitaites prá frente, outros para trás, treque-lareque pardais ao ninho e ficamos na mesma. À laia das pescadinhas de rabo na boca.

Ontem foi dia de programa. Apanhei-o já a meio, quando já não havia nenhuma novela (as desculpas que uma mocita inventa!) e falavam do caso da menina de Torres Novas, que ninguem queria e agora toda a gente quer!

Ouvi o que diziam e continuei com a mesma ideia que tinha. Que anda tudo doido e que por detrás da justiça dos livros existem grandes injustiças. É uma injustiça o que estão a fazer àquela menina. Não é de gente normal pensar que se pode tirar uma criança de uma família, da família a que ela pertence, entregá-la a um estranho sem que isso provoque um imenso sofrimento tanto à criança como aos pais. Em nome de uma parentalidade biológica, que pelos vistos se sobrepõe a tudo. Como é que se pode dar razão a alguem que primeiro não quer a filha, e depois muda de ideias e se calhar até quer??? Os pais não querem os filhos em part time! Amamo-los, queremo-los desde que sabemos que existem. Nunca nos passa pela cabeça virar-lhes as costas ou fingir que não são nossos...

Só espero que entretanto se faça luz nas cabeças dos que decidem.

FIquei mal disposta. Custou mais a adormecer que o costume. Na próxima semana não vejo o programa!!! 

Tou...: indignada


2 comentários:
De Lua de Sol a 2 de Outubro de 2007 às 16:44
Como eu te percebo... O meu marido também parece gostar do raio do programa. Confesso que já lá tenho ouvido umas coisitas interessantes, outras completamente de vómitos, mas é chatoooo. Muito logo! Queridos CSI e Dr. House! Eheh!
Porém, ontem fui ficando, ficando a olhar para aquilo, porque o tema me irrita. Ou melhor, este caso em concreto. Fico a pensar se a Primogénita não fosse minha, biologicamente falando, e tivesse que a entregar a alguém que mal conhece. O que a Primogénita não ia sofrer... Horrores, asseguro-te. É isso que não suporto na lei, a falta de julgar caso a caso, a lacuna do pouco humanismo por vezes evidenciado porque pauta tudo pela mesma bitola: códigos e artigos...

Beijinhos


De daplanicie a 2 de Outubro de 2007 às 18:22
Há qualquer coisa de muito errada com o nosso sistema judicial se não corrigir este disparate que decidiu de entregar a menina a quem, simplesmente, a fez. Esperemos que abram os olhos a tempo.
Beijinhos


Comentar post

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O signo da mamã

Tic Tac

Cuscar e espiolhar

 

Online